Linha Defensiva

Spyware no World of Warcraft

De acordo com um pesquisador de segurança, o cliente Warden do WoW possui uma rotina de spyware.
Altieres Rohr | 14/10/2005 15h07

De acordo com um artigo publicado no site rootkit.com, o cliente Warden, do World of Warcraft, ativa uma rotina onde ele verifica diversos aspectos do computador — tais como os programas rodando, as janelas abertas, os módulos na memória, entre outros. Isso o classifica como um spyware. Mas qual a diferença entre o cliente Warden e outros spywares?

A diferença é que os demais spywares não são úteis para o usuário. O Warden Client é, pois ele faz com que as pessoas que tentam utilizar truques para trapacear no jogo (“cheaters”) não sejam capazes de participar do game. Isso é benéfico para os usuários que querem jogar de forma séria e limpa (a esmagadora maioria). Dessa forma, o usuário aceita sem problemas o uso do spyware, pois é útil para ele e para seu divertimento.

A Blizzard respondeu as acusações feitas pelo artigo do Rootkit.com e explica que os dados não são coletados ou armazenados, e que a Blizzard não tem nenhum interesse em qualquer dado coletado pelo Warden. O único objetivo da Blizzard é proporcionar um jogo livre de trapaças aos seus consumidores.

Esse cenário é completamente diferente da situação criada por outros spywares. Enviar os endereços dos sites que você visita, os textos digitados em campos de formulário e a lista dos programas instalados para uma companhia criar dados estatísticos e hábitos de navegação não favorece o usuário de forma alguma. A companhia do adware/spyware ainda justifica que isso serve para servir anúncios melhores. Ou seja, você terá sua privacidade invadida para receber anúncios publicitários.

Ninguém quer ter sua privacidade invadida e informações sobre seu sistema coletadas e enviadas através da Internet. Mas se o usuário final pode ser beneficiado de alguma forma e a companhia responsável se compromete a discartar os dados que não são necessários, é óbvio que o programa está em favor do usuário e não contra ele e sua privacidade.

 
quem é o autor

Altieres Rohr é editor-chefe e fundador da Linha Defensiva e também colunista da editoria de Tecnologia e Games do G1 (Globo.com). Começou a acompanhar o mundo da segurança em 2004, quando se tornou responsável pelas áreas relacionadas ao assunto no Fórum do Clube do Hardware. Foi membro da Aliança dos Profissionais de Análise de Segurança.

imprimir
Compartilhe
 
 
Boletim informativo Cadastre-se e receba em seu e-mail

Anuncie | Termos de Uso | Politica de Privacidade | WP

Editado por Altieres Rohr. Mantido pelo Staff Linha Defensiva

Contato Geral:

Parceiro
Site Seguro