Linha Defensiva

Como apagar definitivamente os arquivos do disco rígido?

Altieres Rohr | 11/07/2007 01h57

Muitos podem não saber, mas é possível recuperar os dados de um disco rígido mesmo depois de ele ser formatado. Há um certo risco, portanto, na venda de discos usados, onde senhas, documentos e conversas confidenciais podem estar armazenadas. Um leitor da Linha Defensiva tem um problema desta natureza. Ele pretende vender o PC e quer saber “como apagar definitivamente os arquivos que foram deletados da lixeira para que eles não sejam recuperados por outro proprietário”.

Um meio simples de se livrar de arquivos específicos é usando um dos vários “trituradores” (shredders) de arquivos. O anti-spyware Spybot Search & Destroy possui um triturador embutido. Vários outros utilitários e otimizadores de sistema possuem recursos semelhantes e uma busca por “file shredder” em qualquer mecanismo de busca trará vários exemplos de outras ferramentas (procure as gratuitas – não é necessário pagar por isso).

Mas por que é necessário usar um programa como este para remover definitivamente um arquivo?

Quando um arquivo é apagado, o sistema não remove os dados no disco. Isto tem motivo: seria muito lento e poderia diminuir a duração do disco, pois aumentaria a quantidade de trabalho. Apagando arquivos enormes (como 300 ou 400MB) é possível perceber que eles são removidos instantaneamente. Criar ou copiar um arquivo deste tamanho é um processo que pode levar vários minutos mesmo em computadores considerados bons atualmente.

Em vez de remover os conteúdos dos arquivo do disco, o computador apenas retira o arquivo de um índice mantido pelo sistema de arquivos, onde são armazenadas algumas informações sobre cada arquivo presente no disco. Removendo o arquivo deste índice, ele deixa de ser listado nas pastas. O espaço antes ocupado pelo arquivo também é marcado como livre, assim um documento criado no futuro pode vir a usar o mesmo local. Mas se um arquivo nunca for gravado no mesmo lugar, os dados do arquivo removido continuarão lá.

Os trituradores, em vez de simplesmente retirarem o arquivo do índice, mudam seu conteúdo. Alguns vão zerar o arquivo (substituir todo conteúdo por zeros — lembrando que computadores trabalham só com 0 e 1), outros vão simplesmente escrever informações aleatórias sem nenhum significado. Desta forma, o sistema de arquivos irá substituir os dados anteriores, o que irá tornar impossível a recuperação dos dados. Ou seja, não existe meio de realmente “apagar” o arquivo: apenas é possível substituir os dados por outros, ou por nada (zero).

Apagando o disco inteiro

Para apagar o disco inteiro, como no caso da venda do computador, geralmente é necessário copiar um programa para um disquete ou CD e iniciar o computador a partir desta mídia. O CD ou disquete então terá um programa que irá fazer o mesmo que os trituradores, ou seja, ele irá substituir todo o conteúdo do disco por zeros ou informações aleatórias.

Em geral, as próprias fabricantes dos discos disponibilizam ferramentas que fazem este procedimento, que geralmente é chamado de “formatação de nível baixo”. Note que este nome não é apropriado, visto que nenhuma “formatação de nível baixo” realmente ocorre, e sim apenas os dados são substituídos por nada (zero). Discos rígidos novos possuem todos os setores repletos de zeros.

Confira alguns links para fabricantes conhecidos onde há instruções ou programas para efetuar este procedimento (em inglês) :

Os softwares oferecidos pelos fabricantes também isolam setores danificados (bad sectors) do disco, sendo portanto também uma boa ferramenta de manutenção.

Existem ferramentas que pode ser utilizadas na grande maioria dos discos, como a Eraser e a DBAN, ambas gratuitas. O processo é sempre o mesmo: inicia-se o computador a partir de um disquete ou CD e um programa é executado para efetuar a limpeza.

A Linha Defensiva recomenda cuidado durante o uso destas ferramentas, visto que os dados por elas removidos realmente não podem ser recuperados, e sugere que os respectivos sites de cada ferramenta sejam lidos atentamente.

Veja também

 

Esta matéria foi feita para responder uma dúvida de um leitor. Envie também a sua dúvida.

imprimir
Compartilhe
Comentar
  • Novos HDs protegem dados
    Parece que o mundo cinematográfico está dando asas a imaginação dos projetistas. A companhia escocesa Ensconce Data Technologies anuncia discos rígidos internos e externos para computadores portáteis e de mesa, que se autodestróem fisicamente se alguém tenta um acesso não-autorizado ao seu conteúdo. Os discos têm um pequeno depósito de produtos químicos que, ao serem 28/06/2005
  • Usuários de rede social criam ‘Dia Mundial do Backup’ em 31 de março
    Objetivo é lembrar internautas sobre riscos de perda de dados. Site oferece informações básicas sobre cópias de segurança. 29/03/2011
  • Ver todos os Arquivos
    Um passo-a-passo para configurar o Windows Explorer para que ele mostre arquivos ocultos e de sistema. 01/10/2004
  • Vírus russo explora falha no Java e não cria arquivos no disco
    Banners de sites legítimos são usados como forma de disseminação. Nenhum arquivo é criado no sistema, dificultando a identificação. 20/03/2012

Comentários

Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores

  • M.Abrantes

    Muito interessante este artigo!

    Mas, gostaria de saber exatamente o inverso: como recuperar os arquivos que não foram zerados nem substituidos no HD?
    Há algum programa disponível para obter este resultado?

  • http://linhadefensiva.uol.com.br Altieres Rohr

    M.Abrantes

    Existem sim ferramentas para isso. Várias, aliás. Procure por “data recovery” ou “recuperação de dados”.

    Você terá maior sucesso se o sistema de arquivos for FAT/FAT32, o disco for relativamente grande e o uso do disco foi baixo.

    Um arquivo apagado pode ser substituído rapidamente por outros dados, mas em geral é questão de sorte, dependerá do tamanho do arquivo apagado e outros fatores (dependendo do sistema de arquivos).

  • Helena

    OLÁ,
    APESAR DE ANTIGO, ESSE ARTIGO ME DEU UMA BOA IDEIA DO FUNCIONAMENTO DE ARMAZENAMENTO DE DADOS.. TENHO UMA DÚVIDA, GOSTARIA DE SUA AJUDA. BOM, COMO VOCÊ DISSE, SIMPLESMENTE APAGAR UM ARQUIVO NÃO GARANTE QUE ELE SUMA. MAS ENTÃO, E SE EU FIZER UMA LIMPEZA DE DISCO, OS VÍRUS QUE NELE ESTIVEREM SERÃO REMOVIDOS DO SISTEMA OPERACIONAL?

 
 
Boletim informativo Cadastre-se e receba em seu e-mail

Anuncie | Termos de Uso | Politica de Privacidade | WP

Editado por Altieres Rohr. Mantido pelo Staff Linha Defensiva

Contato Geral:

Parceiro
Site Seguro