Direto do Editor

Direto do Editor | 05/12/2013 13h45 - Atualizado em 05/12/2013 13h51

Uma breve análise sobre Lulu, Tubby e liberdade de expressão

Serviço promete análises falsas para melhorar nota no Lulu. (Reprodução)

Serviço promete análises falsas para melhorar nota no Lulu. (Reprodução)

O Lulu é um aplicativo no qual apenas mulheres podem fazer log-in, por meio do Facebook, para avaliar homens. Homens, quando fazem log-in, podem apenas descadastrar seu perfil ou mudar a foto de exibição. Como resposta, homens criaram o aplicativo “Tubby”, que funciona da mesma forma, porém para os homens; mulheres não são bem-vindas. Tudo dito lá é “protegido” pelo anonimato.

A questão toda tem gerado polêmica, considerando-se as possibilidades de abuso e opiniões desfavoráveis. O Tubby, que nem lançado ainda foi, já está proibido no Brasil por possibilidade de “violência contra a mulher”. O Lulu, porém, segue permitido.

A história toda me dá um pouco de sono, mas eis alguns breves pontos de análise:

  1. Existe uma coisa chamada liberdade de expressão que o brasileiro, em grande parte, não compreende. Por isso o Tubby chegou a ser proibido antes mesmo de ser lançado. Em todo caso, o Brasil proíbe o anonimato, uma restrição com a qual não concordo, como igualmente não concordo com as decisões do judiciário sobre liberdade de expressão, mas pra mim é um fato que os apps sempre foram ilegais por esse motivo.
  2. Sim, as pessoas podem falar o que quiserem. Mas ninguém é obrigado a acreditar.
  3. Os apps promovem a ideia de que um bando ex-namorados/as pode avaliar seus ex-parceiros de forma anônima. A receita aqui é apenas para um monte de avaliações ruins, malvadas, superficiais ou (imagina só) falsas.
  4. Se escreverem algo ruim de mim lá e você acreditar, que fique longe de mim mesmo. Eu aprecio capacidade de discernimento.
  5. Não entendo por que alguém perderia tempo alimentando um banco de dados com esse nível de confiabilidade, sendo que o Facebook já oferece muitas outras formas de acabar com seu tempo livre.
  6. Acho engraçado como nessa tal de pós-modernidade as pessoas procuram objetividade da pior forma possível, atribuindo “notas” para seres humanos com base em opiniões soltas de pessoas cuja única credibilidade é a disposição para participar.
  7. Também é engraçado como, depois de tantas lições sobre sexualidade nas últimas duas décadas, estamos de volta ao homem x mulher. Por acaso o Lulu removeu de imediato todos que se descreveram homo ou bissexuais? E por que a melhor opinião sobre um homem não pode vir de outro homem? O que dá às mulheres, cuja relação com o avaliado nem mesmo é verificada, mais credibilidade?

Sinceramente, não acho que os aplicativos são tão merecedores de polêmica. A polêmica é que é a verdadeira história. Por que a guerra dos sexos ainda está tão acirrada? Por que pessoas decidem acreditar em opiniões anônimas de desconhecidos? Por que estamos fingindo que há qualquer relevância no que for dito nesses aplicativos, sendo que já é perfeitamente possível colocar o nome de uma pessoa no Google e encontrar tudo o que já foi dito sobre ela?

Talvez minhas opiniões sobre isso sejam influenciadas pelo meu nome incomum (não posso me esconder do Google com ele) e pelo fato de já estar acostumado com pessoas comentando o que escrevo (para não dizer me xingando) em redes sociais e blogs. Mas pessoas dizem coisas piores quando ninguém está ouvindo, e essas coisas já afetam nossa vida. A gente apenas finge que esquece e faz drama quando alguém deixa isso escancarado.

 

Comentários 1

Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores

  • Cassio

    Belo texto, eu nem ando lendo muito sobre esses Apps, concordo com tudo que foi dito… é uma pura perda de tempo, é até engraçado como algo que aos olhos de muitos parece tão bobo, cresce tão rápido. Com certeza esse tipo de app vai virar moda, várias pessoas vão criar algo parecido em startups, aceleradoras e etc, se aparecer algum louco pra financiar, pode surgir mais e mais apps desse tipo, claro, tentando ficar “dentro da lei”, uma pena.

Alertas no Twitter

 
Parceiro
Site Seguro

Anuncie | Termos de Uso | Politica de Privacidade | WP

Editado por Altieres Rohr. Mantido pelo Staff Linha Defensiva

Contato Geral:

English ©2004-2015 Linha Defensiva. Todos os Direitos Reservados.