Pedro Quigo

Recuperando e sobreescrevendo arquivos

11 posts neste tópico

Muitas pessoas trabalham com certos documentos, arquivo sigilosos e que apenas deveriam ser visto por eles ou por uma empresa. Estas pessoas, na maioria, apenas deletam o arquivo e pronto. Algumas nem se quer esvaziam a lixeira. Porém mesmo com a Lixeira esvaziada, ainda é possível recuperar arquivos deletados. Vamos imaginar o HD como um livro: índice e páginas. Você pode apagar a localização de uma folha no índice, mas a folha continua intacta. No HD não é diferente, ao deletarmos um arquivo é como se deletassemos sua "localização". Portanto, até que o arquivo seja sobrescrito por outro, ele pode ser recuperado (em alguns casos podem ser recuperados mesmo que tenham sido sobrescritos, mas podem vir corrompidos).

Hoje em dia há diversos programas que recuperam os arquivos. Um deles é o Recuva - by Piriform, faz seu trabalho muito bem. Para utiliza-lo:

Instale o programa, não há segredos. Mas não esqueça de negar a instalação da Yahoo Toolbar!

recuvainstal.jpg

Instalação do Recuva

Abra o programa. Há um assistente, marque para não exibi-lo mais e clique em Cancelar

recuvatela.jpg

Tela inicial do Recuva

No botão opções, você pode configurar o Recuva. Se você não está procurando por arquivos complexos, não há necessidade de marca-los.

opcoesrecuva.jpg

Opções

Na tela inicial, configure a partição, por padrão vem marcado a C:\, ao lado do botão Verificar você pode colocar o nome do arquivo ou o tipo. Clique em verificar. O Recuva fará duas etapas: analisará o disco e verificará o tamanho dos arquivos para saber se é possível recupera-los. Não cancele o processo.

Quando terminar, será exibido uma lista de arquivos com ícones amarelos, verdes e vermelhos:

Amarelos: podem ser recuperados, porém virão ou não corrompidos

Vermelhos: não podem ser recuperados

Verdes: podem ser recuperados sem problemas.

recuvaarquivos.jpg

Tela de arquivos

Quando quiser recupera-los, marque e clique no botão Recuperar, selecione a pasta e pronto, arquivo recuperado!

Agora que você já viu como é fácil recuperar arquivos deletados e esvaziados da Lixeira, já deve perceber a falta de privacidade que temos. Porém podemos ter uma solução: sobreescrever o arquivo. Isso significa que além de apagar o índice do livro, iremos rabiscar a página. Assim mesmo que o índice seja recuperado, o arquivo vai estar danificado, e nem se quer vai ser recuperado. Para sobreescrevermos um arquivo, usaremos um simples programa chamado Eraser Standalone 5.8. Para utiliza-lo:

Clique no arquivo Eraser.exe

erasertela.jpg

Tela inicial do programa

Vamos configurar o programa:

Edit>Preferences>Erasing...

erasing.jpg[/img]

Tela de configurações

Se você quiser apenas testar o programa, recomendo que coloque para realizar 1 passo, ou seja, sobreescreva uma vez. Também há três, sete e trinta e cinco passos. Eu já deletei coisas muitos importantes e por isso usei o modo Guttman, ou seja, trinta e cinco passos. Porém quanto maior o número de passos, mais demorado será.

Agora vamos marcar pra ele deletar um arquivo, na tela inicial, clique:

On-demand

Cria uma tarefa para ser executada neste momento.

Scheduler

Agenda uma tarefa

Ao clicar apenas o título irá mudar, então vamos criar a tarefa:

File>New Task

Unused space on drive

Apaga um drive (cuidado para não apagar toda sua C:).

Files in folder

Apaga arquivos em uma pasta e com as opções abaixo a pasta também.

File

Apenas um arquivo.

newtask.jpg

Criação da tarefa

Você verá a tarefa, clique com o botão direito em Run. Caso esteja certo, clique em Yes.

Executará todos os passos e terminará a tarefa:

endm.jpg

Fim da tarefa

Tutorial idealizado por Pedro Quigo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom tópico mesmo.

Para mim, o Recuva não soube recuperar arquivos de uma partição excluída. Isso há algum tempo atrás. Mesmo assim, para recuperar arquivos deletados acidentalmente, ele faz muito bem a função. :legal:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Pedro Quigo,

Parabéns pelo Tópico. :legal:

Sempre faço Backups em um HD externo, e por sorte nunca precisei utilizar Softwares de recuperação, mas é sempre bom que tenhamos esse tipo de ferramenta caso ocorra algo inesperado. :ph34r:

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Majuluan

Remmal

WillyanGCaetano

Muito obrigado pelos elogios ao tópico :legal:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá

Gostaria de em primeiro lugar,parabenizar pelo excelente tutorial,tanto o seu como de outros tantos colaboradores deste grandioso site que nos oferece grande ajuda.

Bem a minha dúvida é a seguinte:tenho um xp(velhinho)quase 5 anos, e eu percebi que quando o escaneio ,aparece vários arquivos que eu já eliminei(pela lixeira).Então cheguei a conclusão de que acaba se perdendo tempo na hora do escaner com arquivos já inexistentes para mim e também que acabam ocupando espaço na memória.E esta semana estava fuxicando por aqui e vi o seu tutorial e achei de grande valia,pois ia de encontro a minha dúvida.Como é que arquivos que eu já tinha dado como excluidos estão sendo escaneados?

Sou leigo neste assunto,então me perdoe se estiver falando bobagem ou se estou tirando esta dúvida no lugar errado.Então eu gostaria de saber se usando este programa o eraser,ele vai apagar estes arquivos"mortos",ou se tem outra forma de se fazer.Olha sou um simples aprendiz,um curioso neste mundo da informatica :D

Eu tenho o mv rg clean e o ccleaner.

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desculpe o longo tempo para responder.

Como é que arquivos que eu já tinha dado como excluidos estão sendo escaneados?
.

Se você não esvaziou a Lixeria, esvazie. Se já esvaziou, talvez tenha sobras na pasta da Lixeira. Para acessa-la e eventualmente excluir os arquivos, configure o Windows para ver todos os arquivos e acesse a pasta C:\RECYCLER. Exclua os arquivos.

Eles também podem estar sendo detectados na pasta C:\System Volume Information, que abriga os arquivos da restauração do Windows. JAMAIS DELETE ESTA PASTA OU DESATIVE A RESTAURAÇÃO DO SISTEMA a menos que for orientado por um analista para isso. Se ocorrer um erro no processo de remoção, poderá ser revertido para um estado operante do sistema. "Melhor um sistema infectado do que um sistema inoperante".

:legal:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal,...

Sou novo aqui e quase totalmente leigo em matéria de informática... enfim...

Eu baixei o "ERASER 6.0.8.2273" , instalei e apaguei uns 2 arquivos grandes....

Depois, eu queria apagar o espaço "vazio" então cliquei no "unused space" do disco C. Deu uma mensagem de erro dizendo que não era possivel fazer isso e desde então o programa não abre mais... já instalei e desinstalei e nada, simplesmente aparece a janela do Windows falando que "Eraser parou de funcionar e será fechado". ....

Minha dúvida é : Como apagar (Limpar definitivamente) o espaço vazio do disco para garantir que os arquivos que apaguei antes não possam ser recuperados sem comprometer o funcionamento correto do PC ?? Devo usar algum outro programa , ou uma versão mais antiga também funciona...??

Ahhh.... em baixo do "unused space" tinha uma caixa "erase cluster tips" ... O que é isso ???

Imagem do Baixaki como exemplo:

101548.jpg

Uso um Note Dell, com Windows Vista Home Premium, HD 320 GB, 3 GB de ram, Intel Core 2 Duo

Obrigado e até logo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para aqueles que gostam de aprender outras técnicas adversas...

Undelete windows by MS.com:

http://answers.microsoft.com/en-us/windows...c5-f0bc9590de7d

http://answers.microsoft.com/en-us/windows...c9-97ddb2ee6b22

Agora, uma ferramenta para efetuar um delete mais profissional e para dificultar a recuperação de dados:

http://www.linux.com/archive/feed/52258

Para quem quiser consegue baixar a versão NT e executar... Bem legal.

Mas lembrando... para remover 100% os dados de um disco, queimando é a melhor opção :)

At.

Caio Ribeiro César

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um software de recuperação de dados é perfeitamente capaz de descobrir todos os arquivos que foram deixados numa unidade. No entanto, isso não significa que o programa é capaz de recuperar os dados de um disco danificado. Se um arquivo foi perdido de uma unidade, não tente usar esse disco até que os dados sejam obtidos a partir dele. Mesmo se o utilizador tentar instalar o software de recuperação de dados no mesmo disco a perda de dados vai ficar sobrescrito e está perdido para sempre.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.