incognitus

anti virus pago compença

15 posts neste tópico

Opa galera , bom seguinte utilizo avira personal free + comodo firewall free tmb, vocês acham que compença pagar por um software antivirus como KIS, NOD, NORTON ou segurça free ja e a suficiente.

:legal:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá!

A melhor proteção é o usuário! Dos free gosto muito do MSE e do Panda Cloud. Se manter suas proteções sempre atualizada não vejo o por que de usar proteção paga. Mas se pode pagar pela proteção te aconselho a fazer um teste antes de escolher, abaixos meu prediletos:

Trend Micro™ Titanium™ Maximum Security

ESET Smart Security

F-Secure internet Security

Pode usar também o Malwarebytes como scan esporáticos! Lembre de deixar suas proteções sempre atualizadas, junto com o seu SO. :legal:

Editado por dudurve

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá a ambos.

Amigo e colega incognitus, como NENHUM programa de segurança, pago ou gratuito, pega tudo em todas as ocasiões, prefiro usar uma "série" de programas, geralmente gratuitos. Por exemplo, com a excepção (e talvez haja masi excepções) do excelente mbam pro, os melhores antispywares costumam ser gratuitos.

E por favor dê uma vista de olhos a este tópico, onde uma usuária apanhou malware, apesar das boas opções de segurança que tinha, e de perceber bastante de computadores e do Windows: http://www.linhadefensiva.org/forum/index....howtopic=138695 Felizmente, conseguiu livrar-se desse malware! ^_^

Abraços a ambos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá galera.

Como o CarlosTurco disse "A melhor proteção é o usuário".

Dependendo das suas necessidades compensa comprar um anti-vírus.

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com o CarlosTurco e o GamerX em relação ao usuário ser a melhor proteção, so discordo é uma coisa do Carlos é em relação ao MSE, eu pessoalmente não recomendo, ele pode ter interface limpa ser de fácil manuseio, mas pra remover algunas malwares ele não remove e da problema em remover rootkis, já fiz um teste com ele na VM e não gostei e tem outros free que são fáceis de usar e são mais eficientes.

Em relação a pagos ou não temos vários free que tem a proteção melhor ou igual as pagas, por exemplo, o AVG Free 2012 e o Comodo Antivirus 5.9 e em firewall o do comodo é dos que tem mais tecnologia e é eficiente em proteção, tenho ele aqui e num tive problemas com ele e sem contar que ele conta com o Modo Stealth que deixa as portas do seu computador invisível para crackers e portscanners (programa que escaneia as portas do computador pra ver se estão abertas para fazer uma invsão ou explorar uma falha.).

:legal:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá a todos.

Pessoalmente, apesar de poder usar antivírus pagos, prefiro os antivirus "free" actualizados (mas não as últimas versões).

Vou tentar explicar.

Os antivirus free das versões pagas são uma publicidade gratuita. Se um antivirus free falhar em algo, a sua versão paga também falharia...

Por outro lado, as versões free são as beta das versões pagas. E se uma pessoa se apressa, está "feita"... Aconteceu-me isso com a versão free do Avira 2012.

Abraços a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Os antivirus free das versões pagas são uma publicidade gratuita. Se um antivirus free falhar em algo, a sua versão paga também falharia...

O objetivo da desenvolvedora é criar uma “vitrine” que remeta as atenções para a versão paga, algo que você definiu corretamente como publicidade gratuita. A interpretação de alguns usuários acerca da confiabilidade entre o software free e pago é que pode estar distorcida em determinadas circunstâncias, a versão confrontada pelo laboratório da AV-Comparatives é a gratuita ( Avira Personal Free ).

Por outro lado, as versões free são as beta das versões pagas. E se uma pessoa se apressa, está "feita"... Aconteceu-me isso com a versão free do Avira 2012.

Você executou a remoção da versão antiga do Avira com programas de terceiros, consta em um dos seus posts a utilização do CCleaner em detrimento do desinstalador do próprio Antivirus, o CCleaner é um ótimo utilitário mas de maneira alguma está indicado para tomar a posição de desinstalador principal de softwares que executam modificações complexas no sistema operacional, tanto é que você pode observar que mesmo depois de utilizá-lo restaram centenas de chaves evidenciando uma enxurrada de rastros ignorados, existem milhões de usuários do Avira que não tiveram esse problema mas ele pode ter afetado uma parcela que não podemos dimensionar, pode também estar intimamente ligado ao fato da desinstalação da versão antiga ter sido feita com outro desinstalador que não é o oficial, espero que consiga solucionar mas não se pode afirmar que as versão free são um beta para as pagas.

Editado por Dimitrius

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
O objetivo da desenvolvedora é criar uma “vitrine” que remeta as atenções para a versão paga, algo que você definiu corretamente como publicidade gratuita. A interpretação de alguns usuários acerca da confiabilidade entre o software free e pago é que pode estar distorcida em determinadas circunstâncias, a versão confrontada pelo laboratório da AV-Comparatives é a gratuita ( Avira Personal Free ).

Tudo bem, caro Dimitrius{/b]. Ainda continou que, na minha opinião, a versão free é que "venderá" a pro, a versão a pagar.

i

Você executou a remoção da versão antiga do  Avira com programas de terceiros, consta em um dos seus posts a utilização do CCleaner em detrimento do desinstalador do próprio Antivirus, o CCleaner é um ótimo utilitário mas de maneira alguma está indicado para tomar a posição de desinstalador principal de softwares que executam modificações complexas no sistema operacional,
.

Concordo consigo. Quando uso o CCleaner para desinstalar, é mais por uma questão de... "facilitismo", de ... "simplificação". Aqui dou a mão à palmatória.

tanto é que você pode observar que mesmo depois de utilizá-lo restaram centenas de chaves evidenciando uma enxurrada de rastros ignorados,

Quando vi que não "dava", usei o Registry Crawler. E aí deu para apagar tudo, mas tudo mesmo, relacionado com o Avira, do registo.

existem milhões de usuários do Avira que não tiveram esse problemamas ele pode ter afetado uma parcela que não podemos dimensionar,

Aí não sei.

pode também estar intimamente ligado ao fato da desindostalação da versão antiga ter sido feita com outro desinstalador que não é o oficial,

Aí dou-lhe razão.

espero que consiga solucionar mas não se pode afirmar que as versão free são um beta para as pagas
.

Ainda duvida?!...

Bem, agora que tudo do Avira está removido, por acaso vou tentar de novo a reinstalação da versão Avira Free 2012. Acho que conseguirei de novo "dar a volta", caso algo corra mal.

Ora raios. Correu tudo mal. De novo, Vou é apagar de vez o instalador do Avira 2012 free, e vou talvez einstalar o avira free 2011. Ou outro antivirus qualquer que não me "lixe" tanto na instalação...

Abraços a todos.

Editado por Anthmann

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ainda continou que, na minha opinião, a versão free é que "venderá" a pro, a versão a pagar.

Concordo, talvez não me fiz entender na primeira mensagem quando disse que a versão free é uma vitrine para chamar a atenção para a versão paga, não tenho o que discordar da sua colocação.

O fórum oficial do antivirus Avira pode conter informações relevantes sobre o seu problema, talvez seja útil visitá-lo ainda que não se tenha garantia.

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Minha resposta é pequena e vai ao ponto.

O melhor antivírus free ou pago, é o usuário que esta no comando do PC.

:legal:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

"Não existe melhor antivirus, a melhor proteção é o usuário!"

Prezados, me permitam discordar, absolutamente, destas colocações que já vi inúmeras vezes.

É óbvio que um usuário que não acesse nada além de páginas "verdes" vai estar quase que completamente imúne a qualquer ataque ou infecção. Mas o caso é que isso não ocorre. Invariávelmente acessamos páginas, ou recebemos emails, ou frequentamos redes sociais que muitas vezes não temos como precisar se são realmente seguras. A internet é isso. É um local que esta sempre se recriando e atraindo desavisados, e me desculpem, dizer que o melhor antivirus somos nós, não é resposta. Não para os questionamentos que se põem.

É por isso que existem as avaliações de antivirus. Alguns com péssima reputação, alguns com avaliações excelentes.

O que quero dizer, é que quando alguém pergunta: qual o melhor antivirus? Ou qual o melhor antimalware? Ele não quer ouvir o que qualquer um sabe, que se não acessarmos nada que contenha conteúdo desconhecido, brechas, etc, será a melhor proteção (e é isto que querem dizer quando dizerm que o melhor antivirus é o usuário).

O que as pessoas querem saber quando pedem qual o melhor antivirus, é qual o antivirus atualmente no mercado está melhor conceituado... que mais virus detecta, etc. Só isto. E porque perguntam isto? Porque sabem que irão hora ou outra, acessar algum conteúdo que não sabem se estará livre de infestações, senão não haveria necessidade de fazer a pergunta, qualquer antivirus serviria.

Dizer que não existe melhor antivirus (ou melhores), é a mesma coisa dizer que não existe melhor carro, que depende de quem está dirigindo!

Certo, então vamos dar um fusca ao Schumacher e uma lamborguine ao Rubinho e vemos quem chega antes.

Olha, respeito quem acha que realmente não existe melhor antivirus, mas eu particularmente acho que isto é sair pela tangente.

Abraços a todos do fórum.

Editado por beneduzi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
"Não existe melhor antivirus, a melhor proteção é o usuário!"

Prezados, me permitam discordar, absolutamente, destas colocações que já vi inúmeras vezes.

É óbvio que um usuário que não acesse nada além de páginas "verdes" vai estar quase que completamente imúne a qualquer ataque ou infecção.

É um assunto suscitado em inúmeros tópicos e fatalmente fará com que um incauto caia nesse engodo.

Eu estava para fazer um adendo em outro tópico quando me deparei com esse, ainda que o usuário acesse apenas páginas “verdes” como você definiu existe uma margem pequena para infecções, uma leitura atenta aos relatórios anuais de organizações independentes de segurança e de empresas desenvolvedoras de antivirus demonstra que vários sites legítimos com grande popularidade sofreram algum tipo de violação nos últimos anos, inclusíve alguns acima de qualquer suspeita.

As técnicas de injeção SQL para explorar configurações em servidores e banco de dados são mais frequentes em sites pequenos e médios, a exploração de brechas que permitem a execução de códigos maliciosos em sites grandes são menos prováveis mas no sentido oposto temos a situação mencionada abaixo:

Invariávelmente acessamos páginas, ou recebemos emails, ou frequentamos redes sociais que muitas vezes não temos como precisar se são realmente seguras. A internet é isso. É um local que esta sempre se recriando e atraindo desavisados.

O segundo equívoco é tão grave que beira a inocência quando lemos de um ou outro desavisado que determinado software de segurança é bom baseando a classificação em análise própria, essa "consolidada" ao ter o alerta de meia dúzia de infecções barradas em um certo espaço de tempo, nós temos milhões de códigos nocivos catalogados e apenas um teste com um banco de dados expressívo pode avaliar com alguma fidelidade as capacidades reais das soluções antivirus, uma opinião baseada na experiência pessoal é válida para expor impressões com recursos secundários mas peca profundamente quando tenta atribuir conceitos técnicos como a capacidade de identificação de malwares, é um ponto tão complexo que temos apenas dois laboratórios no mundo com respaldo da indústria e de especialistas ligados a segurança da informação para essa finalidade.

Editado por Dimitrius

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezados,

na dificuldade de desinstalação não vi mencionado o Revo Uninstaller.

Ele não é bom para a tarefa?

Abraço.

Mueller

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá a todos.

Prezados,

na dificuldade de desinstalação não vi mencionado o Revo Uninstaller.

Ele não  bom para a tarefa?

Abraço.

Mueller

Olá, Mueller, e seja bem vindo ao fórum do LD.

Por acaso, ele é fenomenal para desinstalações, mas nem sempre uma pessoa se lembra de o referir... :(

Amigo Dimitrius, muito obrigado pela dica. :legal: Consultarei o fórum oficial da Avira, entre outros que entretanto encontre na net.

Abraços.

Editado por Anthmann

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.