Ir para conteúdo

Foto

ajuda com redirecionamento de porta no Virtual Box


  • Por favor, faça o login para responder
2 respostas neste tópico

#1
Sentinel

Sentinel

    Aprendiz Júnior

  • Aprendiz Júnior
  • 420 posts
  • Sexo:Masculino
Olá,

Estou testando o eMule no Virtual Box 4.1.8 e gostaria de fazer funcionar um servidor web e ftp, porem preciso fazer o correto redirecionamento de portas. Em um roteador eu sei basicamente como proceder, mas estou totalmente confuso da forma como aparece no virtual box pois me exige:


Nome
Protocolo
IP do hospedeiro
Porta do hospedeiro
IP do convidado
Porta do convidado

Onde,

Nome é fácil, será o nome que vou dar a regra.

Protocolo também é fácil no caso do eMule eu sei que o mesmo usa UDP e TCP. Então tenho que criar uma regra para cada com a porta utilizada pelo eMule. Para um servidor ftp, seria a porta 21 e protocolo TCP. Servidor web porta 80 protoloco TCP.

Tenho muito dúvida sobre como proceder com IP e Porta do hospedeiro e com IP e porta do convidado.

Poderiam me dar exemplo de configuração do servidor FTP e Web para eu entender de maneira didática como ocorre essa configuração? Em um roteador da Dlink 524 EU ja fiz esse procedimento, mas, no virtual box, estou achando mais complicado porque tenho que colocar o ip da máquina real, e, para mim não faz sentido determinar o ip da máquina real. Achei que deveria determinar apenas o ip da máquina virtual e a porta que eu desejo redirecionar para esta com seu respectivo protocolo.




[B]

#2
rgsviaoroteador

rgsviaoroteador

    Membro

  • Membro
  • PipPip
  • 181 posts
  • Local:São Paulo-SP
No virtual box ativa o NAT e você tem abrir essa opções dentro modem e roteador quanto a especificar o IP e Porta do hospedeiro e com IP e porta do convidado.
são os endereço do da intermet tipo 200.xxx.xxx.xxxx
por isso que você não consegue mandar informaçoes pra fora nem receber.
Regis Gonzaga
Analista de Suporte e Negocios
Grupogonzaga IT
www.grupogonzaga.com
(011) 9 7616-1890

#3
Sentinel

Sentinel

    Aprendiz Júnior

  • Aprendiz Júnior
  • 420 posts
  • Sexo:Masculino
Olá rgsviaoroteador ,

Desculpa, mas não entendi o que você disse.

Consegui fazer o eMule funcionar com ID alta, e como vocês verão, não foi difícil. Faltou-me curiosidade de colocar o IP da máquina virtual (é automaticamente criado uma conexão entre real e virtual, como numa rede local) e as portas TCP e UDP nas regras de redirecionamento de portas para o eMule ficar com high id!

O tipo de conexão entre real e virtual é o padrão quando instalamos o virtual Box: NAT. Como foi também recomendado rgsviaoroteador .


Imagem Postada


Ficou como mostrado na imagem acima, onde dei o nome da regra. O protocolo usado é UDP e TCP. O IP do hospedeiro (também conhecido como host) é o obtido da internet da máquina real. Deixei em branco. Caso coloque o IP obtido da internet pela máquina real (host), toda vez que você conectar a internet ou mudar de IP, terá que colocá-lo novamente nas regras de redirecionamento de portas. Por isso deixei em branco e, assim funcionou sem problema. A porta hospedeiro é a mesma que o eMule utiliza na máquina virtual, tanto TCP quanto UDP. Porta do convidado é a porta utilizada pelo eMule em TCP e UDP na máquina virtual.

Testei também um programa que é servidor HTTP e FTP ao mesmo tempo. A porta usada pelo meu programa é 80 e o protoloco é TCP. Porém, essa porta é usada para HTTP, para FTP comumente a porta é 21. Mas isso não é rígido. Você pode configurar outras portas se seu programa servidor permitir. Para configurar um servidor WEB ou FTP numa máquina virtual usando o Virtual Box, vá nas configurações do virtual Box>rede>redirecionamento de portas. E configure como
Dê um nome para regra;
Coloque TCP ou UDP. No meu caso criei apenas em TCP e funcionou normalmente meu servidores;
Endereço IP do hospedeiro deixe em branco;
Porta do hospedeiro: 21 para servidor FTP e 80 para servidor web. Você pode mudar essas portas se seu programa servidor permitir.
IP convidado é do máquina virtual utilizado na rede criada entre o real, como já mencionei acima no exemplo para eMule.
Porta convidado: 21 para servidor FTP e 80 para servidor web. Como já disse, você pode mudar a porta se o seu programa servidor WEB ou FTP permitir.
Observe portanto que, tanto em porta convidado (máquina virtual, guest) quanto a porta hospedeiro (máquina real, host) você deve colocar sempre a mesma porta. O mesmo aconteceu para eMule funcionar.

Mas como eu faço para ter certeza que meu servidor web está visível para internet?

Imagem Postada


Simples, basta entrar num site que verificar portas e, pedir para verificar a porta especifica utilizada pelos programas em questão (eMule, 80 para Servidor Web no nosso exemplo e 21 para servidor FTP) ou as portas que você configurou manualmente no seu programa.

Utilizei o site https://www.grc.com/x/ne.dll?bh0bkyd2 e fui direto na parte de scan numa porta especifica, no meu teste a 80 em TCP. Esse site que eu saiba ele verifica porta especifica apenas usando TCP, UDP ainda não sei como verificar neste site.

Mas porque utilizar eMule, servidores FTP, servidor WEB, ou outros programas numa máquina virtual? Para ter mais segurança ao utilizá-los, principalmente se você deseja rodar esses serviços por muito tempo. Em caso de invasão, explorado uma vulnerabilidade nos programas em questão, estará comprometida a máquina virtual e não a real. Mas lembre-se que mesmo rodando numa máquina virtual, um atacante poderia fazer um scan completo no seu ip em busca de outras vulnerabiliades. Por isso a importância de manter seu sistema todo atualizado, indo do antivírus,firewall, navegador de internet ao sistema operacional.




0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos