Linha Defensiva

O arquivo HOSTS

Altieres Rohr | 01/02/2005 01h44

O que é?

O arquivo HOSTS é um arquivo especial do sistema operacional. Ele é capaz de forçar a resolução de certos nomes (ou sites na Internet) para endereços IP específicos. Dessa forma, você pode bloquear sites, fazer com que um endereço entre em uma página diferente, entre outras coisas.

Arquivos HOSTS são usados tanto para objetivos maliciosos como para melhorar a vida do usuário na Internet.

Como surgiu

O arquivo HOSTS foi largamente utilizado na época da antiga ARPAnet, a antecessora
da Internet. O arquivo HOSTS era utlizado pois não haviam servidores de
DNS para resolver os domínios, portanto eles colocavam um arquivo
HOSTS que possuía a referência dos nomes e IPs em cada computador conectado com a rede.

O arquivo HOSTS

O arquivo HOSTS ainda é utilizado. Praticamente todos os sistemas ainda possuem um arquivo HOSTS.

Localização

O arquivo HOSTS está em locais diferentes dependendo do sistema operacional. Veja uma tabela
com a localização dele nos sistemas mais comuns:

Windows 9x/ME %WINDIR%\hosts
Windows NT/200x/XP %WINDIR%\system32\drivers\etc\hosts
Netware SYS:ETC/HOSTS

Nota: %WINDIR% é uma variável e define a pasta do Windows.

O arquivo HOSTS é apenas HOSTS, sem possuir uma extensão no arquivo. Por este motivo
você parece indicar uma pasta, mas na verdade é apenas um arquivo sem extensão.

O Formato

Abra o arquivo HOSTS. Para fazer isso no Windows, clique em Iniciar » Executar. Digite notepad caminho, onde caminho é uma das localidades acima, dependendo do seu sistema.

Você pode deixar o caminho %WINDIR% mesmo, pois o Windows converte %WINDIR% automaticamente para o caminho da pasta do sistema.

O Bloco de Notas vai abrir com o arquivo HOSTS. Várias linhas devem iniciar com o caractere ‘#’. Essas linhas são comentários, ou seja, são ignoradas pelo sistema operacional ao ler o arquivo HOSTS. Você pode utilizar linhas que iniciam com # para fazer comentários, por exemplo:

# Arquivo hosts atualizado em 5 de Janeiro de 2005

Depois dos comentários, você tem algo como:

127.0.0.1 localhost

Isso converte o nome localhost para o IP 127.0.0.1, que é o seu próprio computador. As linhas no arquivo hosts possuem primeiro o IP e depois o nome. Eles devem estar separados por pelo menos um espaço.

No arquivo HOSTS cada linha deve ter apenas uma referência. Portanto posicione o cursor no final da linha e dê um enter para ir para a próxima linha. Agora cole o seguinte:

64.233.187.104 www.apple.com

Clique em Arquivo » Salvar. Abra uma nova janela do navegador e entre no site da Apple, ou clique aqui. Sim, você está no Google, pois o seu sistema não procurou pelo IP nos servidores DNS e sim utilizou a referência no arquivo HOSTS. Como 64.233.187.104 é o IP do Google, você foi parar lá.

Apague a linha que você adicionou para poder acessar o site da Microsoft normalmente. Você deve ter entendido como funciona o arquivo HOSTS.

Bloqueando sites

Para bloquear sites é só você colocar uma referência com o IP 0.0.0.0, por exemplo:

0.0.0.0 google.com

Dessa forma você iria bloquear o site principal do Google (google.com). Porém, para bloquear o Google completamente, você precisaria de várias referências, como em:

#Inicia bloqueio do Google
0.0.0.0 google.com
0.0.0.0 www.google.com
0.0.0.0 google.com.br
0.0.0.0 www.google.com.br

Na Internet você pode encontrar vários arquivos HOSTS prontos que bloqueiam vários anúncios e dezenas de sites maliciosos e é possível que o endereço de bloqueio utilizado nesses HOSTS seja o 127.0.0.1 ao invés do 0.0.0.0. A diferença é que o bloqueio pode levar um pouco mais de tempo para ocorrer quando se usa o 127.0.0.1 e, se você tiver um servidor web instalado na máquina, todos os sites bloqueados serão redirecionados para ele. Se isso lhe causar problemas, você pode abrir o arquivo HOSTS baixado no Bloco de Notas e usar a função Substituir para trocar todos os 127.0.0.1 por 0.0.0.0.

Você pode encontrar links para arquivos HOSTS prontos no fim do artigo. Basta baixá-los e salvá-los no local correspondente ao seu sistema (tabela acima). Se o arquivo HOSTS estiver com a extensão .TXT, lembre-se de retirá-la, pois o arquvio HOSTS não possui extensão.

Lentidão causada pelo HOSTS

Se o arquivo HOSTS ficar muito grande é possível que o seu sistema fique muito lento. Para resolver este problema, no Windows NT/2000/XP, clique em Iniciar » Executar, digite services.msc e clique em OK. Procure o serviço Cliente DNS. Clique com o botão direito nele e em Propriedades. Clique em Parar e então troque o Tipo de Inicialização para Desativado.

Arquivos HOSTS infectados

Se você abrir um arquivo HOSTS e vir várias entradas onde constam sites de antivírus, por exemplo:

0.0.0.0 symantec.com
127.0.0.1 grisoft.com
192.168.0.1 mcafee.com

Você provavelmente possui um trojan no seu sistema. Atualize o seu antivírus e faça uma checagem. Se você não conseguir atualizá-lo, o problema pode ser exatamente o bloqueio do HOSTS; nesse caso, limpe o arquivo HOSTS (deixando apenas a entrada do localhost) e tente novamente.

Outro uso malicioso do HOSTS é o redirecionamento de sites (como por exemplo, bancos) para servidores de terceiros. Isso significa alguém pode clonar a página de um banco, hospedá-la em um servidor diferente e depois espalhar um código malicioso simples que apenas altera o arquivo hosts para forçar o computador a visitar o servidor malicioso ao invés do site verdadeiro do banco. O dono deste servidor pode roubar os dados enviados pelos usuários infectados do banco que acham que estão no site verdadeiro.

Qualquer entrada que menciona sites de bancos pode ser removida sem problemas. Alguns programas de proteção dos bancos criam entradas no hosts para que o site do banco não possa ser redirecionado, mas mesmo se você apagá-la isso não deve causar problemas.

Arquivos HOSTS prontos

 
imprimir
Compartilhe
 
 
Boletim informativo Cadastre-se e receba em seu e-mail

Anuncie | Termos de Uso | Politica de Privacidade | WP

Editado por Altieres Rohr. Mantido pelo Staff Linha Defensiva

Contato Geral:

Parceiro
Site Seguro