Dúvida do Leitor | 04/09/2006 17h34

Vale a pena usar dois antivírus?

“Gostaria de saber se posso ter mais de um antivirus, se isso causaria conflitos ou transtornos, já que não podemos ter 100% de segurança com apenas um.”

Muitos usuários instalam dois (ou mais) softwares antivírus no computador para tentar ter mais segurança, como é o caso deste leitor da Linha Defensiva que enviou sua dúvida para o Dúvida do Leitor.

É necessário deixar claro que estamos falando apenas de antivírus (AVG, McAfee, Norton, avast!, etc) e não de anti-spywares (como Ad-Aware, Spybot S&D, etc). São classes diferentes de programas e, muitas vezes, você pode querer um antivírus e um anti-spyware ou até mesmo dois anti-spywares. Com antivírus, o correto é ter apenas um software instalado na máquina.

O primeiro problema que aparece com o uso de dois antivírus no computador é a diminuição de performance. E, embora ambos os softwares estejam rodando e utilizando mais recursos do seu PC, você não estará recebendo o dobro da proteção. Isso porque os antivírus terão o registro do mesmo vírus, ou seja, um antivírus ficará rodando na maioria do tempo para nada. Só nos casos em que um antivírus falhar e não detectar a praga é que o outro será útil. Em outras palavras, ter dois antivírus no PC não vale a pena.

Também poderão ocorrer conflitos entre os softwares, dependendo quais forem os programas utilizados. O problema mais comum é que um antivírus detecte a quarentena do outro: o antivírus X detectará a quarentena do Y e moverá os arquivos infectados para a sua; quando o Y for executado, ele detectará a quarentena do X e a história se repete. Outro problema que pode ocorrer é de um antivírus travar o arquivo que foi detectado pelo outro, o que não permitirá que o arquivo seja limpo ou removido.

Teoricamente, você estará um pouco mais seguro com dois antivírus. Mas, se um antivírus não for suficiente para você manter o micro limpo, dois ou três a mais não resolverão o problema. Isso porque é muito comum que apenas poucos antivírus detectem as pragas mais novas, enquanto as pragas mais antigas são geralmente detectadas por quase todos os softwares. Não existe também um antivírus que sempre esteja a frente dos outros: todos falham, não importa quais você escolher.

É muito melhor tentar proteger o seu PC utilizando um pouco de cuidado, bom senso e práticas de navegação segura do que dois softwares antivírus, visto que o antivírus é a sua última camada de proteção e não deve ser a única, mesmo que a outra camada seja apenas a sua intuição.

Na dúvida sobre um arquivo específico, você pode utilizar os antivírus online VirusTotal e Jotti, que examinam o arquivo em diversos antivírus diferentes. Se você quiser utilizar outros antivírus online, lembre-se de desativar o seu software antes de iniciar o exame. Seja qual for o método preferido, não é necessário ter dois antivírus instalados e rodando na sua máquina para ter a proteção de múltiplos antivírus.

 

Esta matéria foi feita para responder uma dúvida de um leitor. Envie também a sua dúvida.

Alertas no Twitter

 
Parceiro
Site Seguro

Anuncie | Termos de Uso | Politica de Privacidade | WP

Editado por Altieres Rohr. Mantido pelo Staff Linha Defensiva

Contato Geral:

English ©2004-2015 Linha Defensiva. Todos os Direitos Reservados.